O conhecimento pode salvar o seu amado cãozinho

Você já parou para pensar e analisar o que anda comendo seu amado filho de quatro patas?

Eu fiz isso até o dia que o Thomas ficou doente por causa de um produto empacotado e a Jahmila não parava com alergias constantes, queda de pelos, desanimo, falta de apetite, o que eu não sabia é que tudo isso era ocasionado pela alimentação, isso mesmo, a ração estava deteriorando a saúde dos meus cachorros.

Mas porque muitos veterinários recomendam a ração, e até mesmo alguns dizem que a comida natural faz mal?

Pense o seguinte, como eles vão recomendar a comida natural se não aprenderam sobre isso na faculdade e se por muitos anos, só ouvimos falar em ração industrializada?

Também temos a força econômica da indústria de ração, e o desejo de praticidade dos donos , ideia totalmente errada já que os nossos pets não são de ferro.

Pesquisas afirmam que 40% dos cães estão obesos, 46 % dos cães e 39 % dos gatos estão morrendo de câncer. Doenças cardíacas, renais e de fígado estão se tornando epidêmicas. Assim como seres humanos, cães são o que comem.

Segundo especialistas uma alimentação caseira correta, balanceada e rica em proteínas traz muitos benefícios na vida dos nossos cachorrinhos.

Uma coisa que você deve de saber e pode revisar no rótulo da ração do seu cachorrinho é que a maioria das rações secas são à base de milho, um ingrediente barato. Infelizmente, o milho que compõe as rações não é aquele gostoso que você come, mas sim o milho que alimenta o gado ou suas sobras. Mesmo o pó do milho conta como ingrediente, além de que uma alta parcela de cães são alérgicos ao milho.

Quer libertar o seu cãozinho? Clique no botão abaixo


Quero libertar meu cãozinho

Esses são alguns dos problemas que a comida empacotada pode causar em nosso cãozinho

Alergia alimentar

Os tipos mais comuns de alergia alimentar são coceiras, vermelhidão e descamação da pele com lesões provocadas pela unha do animal.

Problemas no fígado

O fígado é um dos órgãos que mais pode ser comprometido em cães e gatos. Muitas das doenças originadas nele são causadas pela alimentação deficiente, inadequada e de baixa qualidade. O fígado atua no metabolismo de carboidratos, gorduras e sintetiza proteínas. Ele também é o responsável pela metabolização e excreção de drogas e toxinas, por isso sofre com medicamentos e agentes químicos. As doenças no fígado são geralmente silenciosas e quando apresentam os sintomas geralmente já estão em estado avançado, quando 75% ou mais da função hepática está comprometida.

Depressão

 As causas podem ser muitas, inclusive desnutrição, agentes químicos, hormônios… A angústia é geralmente sinalizada pela mania de se lamberem freneticamente. Os pets passam a recusar comida e brincadeiras, mudam repentinamente de comportamento.

Insuficiência Renal Aguda

É a alteração da capacidade de filtragem dos rins, o que acarreta a retenção de ureia e creatinina no sangue (dois compostos tóxicos) e, consequentemente, na eliminação de água, vitaminas e proteínas importantes pela urina. Costuma estar ligada a fatores isquêmicos, infecciosos ou tóxicos. Seu agravamento pode provocar infecções no trato urinário, úlceras na boca e no estômago, e pressão alta, que leva a cegueira. 

Problemas no trato urinário 

Inflamação do revestimento da bexiga e da uretra do pet, ou a formação de depósitos e pedras minerais urinárias é bastante comum em cães e particularmente em gatos. Os sintomas aparecem como aumento da frequência de micção, aparência de sangue na urina e, em casos graves, desconforto extremo, com esforço e bloqueio parcial ou completo da bexiga. 


Quero libertar meu cãozinho

Não esqueça de nos seguir nas redes sociais 


Facebook


Instagram


Youtube

Anúncios

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: