Sinais de alerta da depressão canina

Anúncios

A depressão canina é semelhante ao tipo que experimentamos como humanos. Existem várias maneiras de saber se as pessoas estão deprimidas. Eles podem parar de comer ou comer mais para aliviar a dor. Eles podem chorar muito mais e muitas vezes de forma inesperada. Há uma boa chance de que comecem a se afastar da vida em geral, evitando amigos e familiares e até ligando para o trabalho dizendo que estão doentes.
E, claro, podem simplesmente nos dizer que não estão se sentindo bem.

Nossos cães não têm essa opção, mas isso não significa que eles não possam se sentir tristes ou mesmo deprimidos. Embora não haja tanta pesquisa lá fora quanto há para humanos (por razões óbvias), existem todos os tipos de evidências anedóticas que apontam para a depressão canina.

Algumas histórias parecem mais óbvias, como um cachorro se isolando de repente e dormindo o dia todo no fundo de um armário depois que outro cachorro da matilha morre. Outros não são tão óbvios, mas os donos desses cães podem notar uma mudanças de humor após algum acontecimento.

Então, como você sabe se seu cachorro está passando por depressão canina? Aqui estão vários sinais comuns, muitos dos quais são semelhantes aos sinais de depressão nas pessoas.

Mudanças de apetite

Quando alguns cães estão extremamente tristes, eles perdem o interesse pela comida e muitas vezes perdem peso. Alternativamente, há cães que parecem usar a comida como uma espécie de consolo quando estão deprimidos e querem comer mais, levando ao ganho de peso.

Dormindo o tempo todo

Os cães dormem muito. Isso não é nenhuma novidade. Mas normalmente isso acontece quando seus donos estão fora de casa. Se você deixar seu cão por um longo tempo (digamos, para o trabalho) e ele continuar dormindo depois que você chegar em casa, mal reagindo à sua presença, provavelmente algo está errado.

Verifique se há problemas físicos primeiro, mas se você não conseguir encontrar nada e os sintomas continuarem, ele pode estar deprimido. Saiba também que isso pode funcionar na direção oposta, com seu filhote tendo problemas para dormir e ficando inquieto.

Perda de interesse

Se o seu cão perder repentinamente o interesse em brincar, passear e outras coisas que normalmente o excitariam, preste atenção. Os cães que se tornam menos ativos, ficam mais lentos ou parecem perder o sentido podem estar sofrendo de depressão canina.

Lambendo a pata

Lambidas ou mastigadas excessivas podem estar enraizadas em problemas fisiológicos ou psicológicos. Cães deprimidos geralmente lambem ou mastigam as patas para se acalmar.

Evitar e Esconder

Acima, mencionei a história do cachorro se escondendo em um armário porque estava deprimido. Esse tipo de comportamento normalmente significa uma de duas coisas: doença ou lesão (com depressão caindo na categoria de “doença”). Os cães que de repente se escondem ou querem ser deixados sozinhos se comportam dessa forma porque algo os está incomodando. Se não for físico, provavelmente é emocional.

A coisa mais importante a lembrar é não presumir que seu cão está deprimido logo de cara. Freqüentemente, os problemas que parecem emocionais, na verdade, têm origem em causas físicas e médicas. A primeira coisa a fazer se você notar uma mudança de comportamento é mandar seu cachorro ser examinado pelo veterinário.

Seu cachorro mostrou sinais de depressão? O que causou isso e como você tratou? Deixe-nos saber nos comentários!

Pois é mamães e papais eles também passam por isso! Com o curso guia do shih tzu você vai aprender como evitar esse e outros probleminhas de comportamento e caso venha a ter como resolver!

Não existe melhor investimento para a saúde emocional e física que o conhecimento! Clique no botão abaixo e veja como o curso vai te ajudar com o amor da sua vida

Não esqueça de assinar o blog para receber todas as dicas e novidades

Anúncios

Deixe uma resposta