Causas do vomito e diarreia em cães

Vômito e diarreia são processos relativamente comuns em cães, porém podem se tornar preocupantes na medida em que persistem, deixando os proprietários ou tutores preocupados.

Para explicar porque um cão vomita e tem diarreia, devemos nos concentrar no sistema digestivo dos animal, pois é ali que ocorrem as disfunções gastrointestinais, podendo afetar portanto o estômago, intestino delgado e intestino grosso.

Diferença entre vômito e regurgitação:

Muitos proprietários ou tutores não sabem diferenciar e confundem os sinais clínicos.

O vômito: Ele é produzido com esforço e se observam movimentos abdominais e sons. –

Regurgitação: A comida ou líquido se expele sozinho e normalmente não digeridos (Pedaços de alimento inteiros).

Entendemos por diarreia os detritos frequentes e líquidos, as vezes podemos notar a presença de sangue.

Nas fezes, o sangue fresco é chamado de hematoquezia, enquanto o sangue digerido, que aparece com uma cor escura, será chamado de melena.

É importante saber esses termos e no momento oportuno passar essas informações ao seu veterinário de confiança, para auxílio no diagnóstico e tratamento de seu pet. Se seu cão apresenta esporadicamente vômito ou diarreia, mas mantem se ativo, esperto, não se preocupe, porém caso contrário procure imediatamente um veterinário!

Principais causas de vômitos e diarreia:

Infecções: Causadas por vírus, bactérias e protozoários (parvovirose, giardíase), muitas das vezes acompanhadas por diarreia com sangue.

Indigestão: Ingestão de restos de alimento humano e lixo (corpo estranho).

Intolerâncias ou alergias alimentares: Requer acompanhamento veterinário, realização de testes de alergia em cães e prescrição de dieta com alimento hipoalergênico.

Medicamentos: Alguns medicamentos produzem alterações digestivas que resultam em diarreia e vômito.

Doenças subjacentes: Às vezes, existem distúrbios, como uma doença renal que, entre as consequências produzidas no corpo, incluem os vômitos e a diarreia. Eles geralmente são detectados em um exame de sangue e esse sintoma dependerá de como podemos controlar a doença que está por trás.

Obstruções: Devido à natureza glutona dos cães, não é incomum eles ingerirem objetos como ossos ou brinquedos que produzem uma obstrução em algum ponto do sistema digestivo.

Envenenamento: A ingestão de alguns produtos pode causar um quadro de envenenamento cujos sintomas incluem vômitos e diarreia.

Parasitas: Em casos muito graves de parasitose ou quando isso ocorre em animais especialmente vulneráveis, vômitos e, principalmente, diarreia podem ser observados. O veterinário, examinando as fezes, será capaz de determinar qual o tipo de parasito e administrar o vermífugo apropriado.

Estresse: Em casos de estresse muito severo ou quando perdura por um longo período, o cão pode apresentar vômitos e diarreia e precisará da ajuda de um profissional.

Jamais auto medique seu animal! Leve-o imediatamente ao veterinário de sua confiança e mais próximo a você! Uma dica importante é fornecimento de líquidos para hidratação, sendo o indicado : Gatorade, água de coco, soro fisiológico caseiro.

Qualquer dúvida fico a sua disposição.

Patrick Batista

Medico veterinário

 

No curso Guia do Shih Tzu você vai ter acesso ao e-book de saúde animal que te ajudará a cuidar melhor da saúde do seu amado Shih Tzu e assim aumentar a expetativa de vida dele além de assistir  incríveis vídeo aulas nos módulos de adestramento, pelagem e alimentação 

Não esqueça de seguir as nossas redes sociais abaixo ou se cadastrar no blog para receber mais dicas!

Anúncios

Deixe uma resposta